Após reclamações, organização do Grammy promete contemplar questões de gênero

2 de Fevereiro 2018

A organização Grammy se comprometeu a se empenhar mais para superar o desequilíbrio de gênero, depois que artistas expressam a indignação pela ausência de prêmios para mulheres e pelos controvertidos comentários do diretor da organização.A Recording Academy, formada por 13 mil músicos profissionais que votaram nos prêmios mais prestigiados da indústria, disse que está organizando uma comissão independente para examinar o papel de gênero na premiação.O painel “analisará todos os aspectos do que fazemos como organização e identificamos onde podemos fazer mais para superar barreiras explícitas e inclinações inconscientes que impedem o avanço das mulheres na comunidade musical”, afirmou o presidente e diretor executivo da Academia Neil Portnow, em um comunicado.Portnow, o produtor musical que dirige a Recording Academy desde 2002, gerou indignação no domingo (28) ante a imprensa logo após os prêmios, ao explicar como o as mulheres poderiam ganhar mais prêmios.”Eu acho que você tem que começar com as mulheres que têm criatividade em seus corações e em sua alma, que querem ser artistas … dê um passo à frente, porque eu acho isso será bem-vindo “, disse ele.As cantoras do pop Katy Perry e P!nk criticaram as declarações de Portnow.“As mulheres na música não precisam ‘dar um passo à frente’, as mulheres têm avançado desde o início dos tempos”, disse P!nk, que participou da cerimônia do Grammy.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Christina Aguilera lança ‘Fall In Line’ em parceria com Demi Lovato

16 de Maio 2018

Katy Perry pede desculpas a Taylor Swift

9 de Maio 2018

Alexandre Pires grava novo single ao lado de Thiaguinho

7 de Maio 2018

Guns N’ Roses anuncia lançamento de edição de luxo de ‘Appetite for Destruction’

7 de Maio 2018